sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Projeto "Hortas Pedagogicas" - Entrevistas e Visita da Fundação Banco do Brasil.




Neste dia 21/02/2018 após o recebimento de dezenas de currículos aconteceram as entrevistas dos Gestores Ambientais selecionados que tinham experiências na formação de hortas  dentro das expectativas para atender o programa do ano letivo de 2018 - "Currículos da Cidade” nas escolas de ensino básico e fundamental do município de São Paulo. Temos que acrescentar que outros profissionais que enviaram os seus currículos igualmente foram considerados e os selecionados participaram de todo o processo porque contabilizavam boas praticas dentro do perfil esperado pela APGAM, SME e Fundação Banco do Brasil. As entrevistas foram realizadas na ECCAPLAN dentro do espaço CETEC/USP.
Os profissionais que participaram das entrevistas atenderam positivamente o perfil esperado pela Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM. Tivemos a presença dos Assessores do setor de currículos da SME para acompanhar o processo de seleção, o Diretor de Projetos – Ga. Edmilson Gonçalves – APGAM, o Eng. Fernando Beltrame – Programa Residuo Zero/ECCAPLAN, e o Ga. Jose Ramos de Carvalho – Pres. da APGAM.


Nota de Agradecimentos:

Aos todos os profissionais que enviaram as suas experiencias e as boas praticas na área ambiental. E fara parte do acervo técnico da Associação Paulista dos Gestores Ambientais para futuros projetos. E nos colocamos a disposição dos colegas Gestores Ambientais que aguardamos o seu projeto para que possamos juntos viabilizar e traduzir em benefícios socioambientais.

Aos diretores da APGAM, em especial a Dir. de Projetos - Ga. Edmilson Gonçalves, pela dedicação plena e voluntaria a favor da concepção dos Projetos que estão na pauta desta pasta.

A ECCAPLAN na pessoa do Engo. Fernando Beltrame parceiro da APGAM na participação dos processos e relações com os parceiros para o sucesso do Projeto Hortas Pedagógicas.

A Fundação Banco do Brasil - FBB, que recentemente esteve nos visitando representando a Gerencia de Assessoramento Técnico: Sr. Edson Anelli - Gerente e Sra. Carla Sampaio - Assessora - sediados em Brasilia/DF. Enalteceram e citaram a importancia do "Projeto Hortas Pedagógicas" e o entorno positivo das boas praticas no âmbito da "politica publica" e em especial a disponibilidade de "Tecnologias Sociais", e outras colaborativas, a ex. Compostagem e Minhocários junto as escolas de Ensino Basico e Fundamental, e a parceria com a Associação Paulista dos Gestores Ambientais - APGAM, o apoio da Secretária da Educação e a atual administração do Município de São Paulo - Prefeito João Doria Junior.

Texto e fotos - Dir. de Comuicação - APGAM

sábado, 3 de fevereiro de 2018

CURRICULO DA CIDADE - Projeto Hortas Pedagogicas - Gestão Ambiental - Ano Letivo 2018


As aulas no Ensino Basico Fundamental ja terão o seu inicio do ano letivo de 2018 efetivamente apos o Carnaval. E em especial para os Gestores Ambientais uma missão igualmente especial em instalar 200 unidades de Hortas Pedagógicas. Um projeto que irá exigir todo o conhecimento técnico, e operacional. Mas terão que ampliar a sua moldura ambiental porque vão agregar os 17 elementos dos ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e suas ações socioambientais, culturais e de saúde. Serão fundamentos essenciais neste planejamento de conhecimentos e de praticas sustentáveis.

Assista o video - CURRICULO DA CIDADE

quarta-feira, 24 de janeiro de 2018

INSTITUTO FEDERAL DE SÃO ROQUE - inscrições abertas ...


O curso superior de Tecnologia em Gestão Ambiental visa à formação de profissionais de visão abrangente que tratem de questões relacionadas ao controle e gerenciamento ambiental, orientado à melhoria da qualidade das atividades produtivas e, consequentemente, uma melhor qualidade de vida para a sociedade. Os objetivos específicos do curso são desenvolver uma abordagem interdisciplinar da questão ambiental, visando uma perspectiva integrada da gestão do meio ambiente; oferecer ferramentas que auxiliem os acadêmicos na compreensão e análise das questões ambientais atuais e sua relação com as questões econômicas, políticas, culturais, tecnológicas e sociais da sustentabilidade, que permitam transformar os desafios e restrições ambientais em oportunidades de negócios; propiciar a compreensão e a avaliação dos impactos sociais, econômicos e ambientais resultantes da produção, gestão e incorporação de novas tecnologias; incentivar a formação de profissionais empreendedores para atuar no contexto das organizações públicas, privadas e terceiro setor, auxiliando no desenvolvimento de atividades sustentáveis; e promover o desenvolvimento de profissionais éticos e comprometidos com as causas e questões ambientais locais, regionais, nacionais e globais.

Texto e ilustração: Prof. Dr. Renan Felicio dos Reis - Coordenador do Curso Superior - Tecnologia em Gestão Ambiental.

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

VAGAS - GESTÃO AMBIENTAL

PROJETO HORTAS PEDAGÓGICAS - MUNICÍPIO DE SÃO PAULO.

ASSOCIAÇÃO PAULISTA DOS GESTORES AMBIENTAIS – APGAM.
Estamos recebendo currículos para compor o quadro de profissionais Gestores Ambientais, com experiencias na implementação de Hortas escolares do Ensino Basico - Município de São Paulo.
Parceria: ECCAPLAN e SME.
Enviar e-mails:  aapgam@gmail.com
                                                                                  Foto: CasaJaya                                                              A/C. - Diretoria de Administração

sexta-feira, 29 de dezembro de 2017

EDITORIAL – 2017 - FELIZ ANO NOVO – 2018.



Estamos fechando 2017 em seu tempo, e para a Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM foi um ano de sedimentar as suas metas traduzidas em anos anteriores na formação de seu quadro de diretores, com a representação mais efetiva dos bacharéis e técnicos de Meio Ambiente do nível médio. E o objetivo foi de buscar as estruturas formalizadas dentro do seu “Estatuto” preconizado por dezenas de “Gestores Ambientais” quando da fundação da Associação Paulista dos Gestores Ambientais em Nov/2009. Ao longo deste período de 8 (oito) anos os traços ou linhas deste nosso gráfico estatutário nos apresentou um cenário único de estabelecer puramente o “Reconhecimento profissional” neste nosso paralelo com a “Regulação profissional”. A construção deste “Reconhecimento e Participação” se apresentou dentro das famosas “Casas de Oportunidades” a exemplo: CADES Regionais, Rodoanel Trecho Norte, Terminal de Cargas Fernão Dias, FMUSP – Depto de Poluição Atmosférica, Objetivo de Desenvolvimento do Milênio – ODM, Agenda 21 em diversas fases e níveis, formações de entidades sociais e representatividades locais. Em todas essas ações e participações ocorreram contribuições significativas dos “Gestores Ambientais” e sua entidade representativa do Estado de São Paulo. A linha do traço “Estatutário” se consolida como base de um “Plano Estratégico” na sua própria moldura inovadora em constituir diretorias especifica que de fato contribuem para este nosso futuro de realizações. Desde a fundação da Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM, sob a Presidência do Ga. Fransueldo Pereira da Silva - podemos identificar que os resultados auferidos até este fechamento de 2017 formalizaram a base deste “Reconhecimento” e o respeito da sociedade civil e da administração publica. Esta equação tão positiva foi apresentada neste 2º. Semestre com a aprovação da APGAM em Conselhos representativos: Parque do Trote,PDUI, Segurança Alimentar, e os ODS. Essas participações foram obtidas por votos, ou por “Banca de Profissionais” em meio às instituições concorrentes os quais nos qualificam em patamares outros de responsabilidades. E para acentuar o traço desta linha do gráfico superamos mais uma importante etapa consolidando as parcerias tanto no setor privado e na administração publica, em praticas voluntarias ou envolvendo recursos econômicos, a exemplo o “ Projeto Hortas Pedagógicas” recentemente assinado junto à Secretaria de Educação do Município de São Paulo e Fundação Banco do Brasil. Esta sedimentação cristalina visualiza à abertura desta nova porta de 2018 repleta de objetivos emoldurados desde a fundação da Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM, em novos traços mais próximos do seu eixo “Estatutário” que são as instalações das Regionais navegando por Bacias Hidrográficas e as Universidades Publicas e Privadas deste nosso Estado de São Paulo, em uma nova etapa,  um “Desafio” para Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM e profissionais e acadêmicos de Gestão Ambiental.  O ano de 2018 abrirá dezenas de portas desde o sucesso final da PL2664/11 – Dep. Arnaldo Jardim (PPS), a consolidação efetiva de novas Associações Oficiais representando outros Estados, e os Movimentos profissionais e acadêmicos. A Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM, e seus Diretores e familiares desejam a todos os “Gestores Ambientais”, e colegas que atuam na área socioambiental um Ano Novo repleto de realizações e de plena saúde.

FELIZ 2018!!!

Ga. Jose Ramos de Carvalho
Presidente,

Associação Paulista dos Gestores Ambientais – APGAM.

sábado, 23 de dezembro de 2017

Feliz Natal e um Prospero Ano Novo.


A ASSOCIAÇÃO PAULISTA DOS GESTORES AMBIENTAIS - APGAM.

 Deseja aos seus Diretores, Associados, Colaboradores Voluntários e Amigos.

FELIZ NATAL! E UM PROSPERO ANO DE 2018, REPLETO DE SAÚDE, E SUCESSO EM SEUS PROJETOS FAMILIARES E PROFISSIONAIS.


sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

Projeto Hortas Pedagógicas - Assinatura Final.


Neste dia 08/12/2017 a Associação Paulista dos Gestores Ambientais - APGAM, assina o seu novo projeto em parceria com a Secretaria de Educação do Município de São Paulo, e com a Fundação Banco do Brasil. O Projeto Hortas Pedagógicas tornou-se um ato de "Politica Publica" em favor de um instrumento técnico que se apresenta múltiplas variáveis educacionais, expressão coletiva, alem do processo natural de formalizar entre os pequenos alunos do ensino fundamental a visibilidade unica do contato com a terra, sua energia e observar o seu ato simples e prazeroso de realizar as suas colheitas. A presença do Secretário de Educação do Município de São Paulo - Prof. Alexandre Schinaider, em recursos solicitados pelo Prefeito de São Paulo - João Doria Jr, junto a Fundação Banco do Brasil representada pela sua Gerente de Negócios - Izalmara Torres, cria o mecanismo necessário para a construção dos recursos econômicos para o Projeto Hortas Pedagógicas. E entre tantas organizações do terceiro setor ou entidades representativas que ja realizam projetos com Hortas, sejam elas, comunitárias ou em unidades escolares, e com exemplos de resultados formidáveis e dignos de excelentes referências. 

A Associação Paulista dos Gestores Ambientais - APGAM é convidada a participar inicialmente do projeto em sua fase de amadurecimento e o desejo dos parceiros acima em estabelecer um ritmo em direção a finalizar esta primeira parte do projeto, e após a "Assinatura" e por coincidência ja contemplar no próximo ano letivo de 2018. Com as etapas iniciais vencidas chegou o momento de produzir os "Termos de Cooperação" entre as partes e a "solenidade" aconteceu um templo histórico da vida cidadã e intelectual da cidade de São Paulo, na residência do Escritor Sergio Buarque de Hollanda, e obviamente genitor do Musico/Compositor - Chico Buarque de Hollanda. E entre as pequenas salas, a recepção dos Professores, Educadores, suas diretorias de ensino, foi possível compreender a importancia do "Projeto Hortas Pedagógicas",
 A Associação Paulista dos Gestores Ambientais - APGAM representada pelo seu Diretor - Presidente - Ga. Jose Ramos de Carvalho, apresentou os projetos e ações realizadas pela APGAM, sendo elas provenientes de recurso, ou dentro da pura ação voluntária apresentando em especial uma tradução indireta do significado, e atuação de um profissional formado em Gestão Ambiental. O Secretario de Educação do Município - Prof. Alexandre Schinaider, reforçou junto aos presentes que a Secretaria de Educação deseja sempre caminhar em direção da inovação, seja na questão saudável da alimentação e a pratica dos ODS - Objetivos de Desenvolvimento Sustentável em seus 17 elementos. 

Sem duvida vencemos as etapas preparativas do projeto e nesta data realizamos este primeiro ato, e a APGAM estabelece um novo nível de atuação pois ira transpirar literalmente por todos os cantos remotos deste município de São Paulo, mas será um intenso desafio, porem de muita alegria em interagir com as escolas e suas comunidades de entorno. Fica agora a certeza de muita dedicação e os agradecimentos daqueles que se envolveram diretamente, e a todos os Diretores da APGAM para chegar neste momento tão especial para o futuro saudável da Associação Paulista dos Gestores Ambientais - APGAM.

Texto: Ga. Jose Ramos de Carvalho - Diretor - Presidente da APGAM
Fotos: Ga. Mila Maluhy.